Você sabia que a creatina pode ajudar corredores e maratonistas?

Um dos maiores objetivos de corredores é com certeza o desempenho esportivo, seja o pódio ou a superação do próprio tempo em provas. Dentre as variáveis que vão colaborar para o aumento do desempenho durante os treinos, estão a qualidade do sono, do seu treino e da sua alimentação (os 3 famosos pilares, lembra?!). Porém, há muito tempo tem se pregado a utilização de determinados suplementos, seja para o aumento de desempenho agudo, ou para a melhora da recuperação entre os treinos e, consequentemente, aumento do desempenho em longo prazo.

Com o freqüente desgaste dos treinos, os corredores podem gerar lesões celulares e desencadear uma resposta inflamatória exacerbada, fazendo com que os mesmos não consigam se recuperar tão rapidamente de um treino para outro e, dessa forma, prejudicar o rendimento entre os treinos e competições.

Uma das estratégias para diminuir este nível de lesão celular pode ser a suplementação com creatina, isso mesmo que você leu! A suplementação de creatina leva ao aumento do conteúdo hídrico da célula, gerando um aumento de volume da mesma e diminuindo os níveis de lesão celular dos indivíduos. Para testar tal hipótese, Ronaldo Thomatieli da Universidade Federal de São Paulo e um grupo de pesquisadores suplementaram por 5 dias com 20g de creatina um grupo de maratonistas, enquanto que o outro grupo recebeu um placebo.

Após analisar alguns marcadores sanguíneos antes, imediatamente após e 24h após a maratona de 30 km, os pesquisadores verificaram diminuição em marcadores de lesão celular dos maratonistas que suplementaram com creatina (diminuição de 19% de creatina quinase (CK); 60,9% de prostaglandinas (PGE2); e 33,7% de fator neurotrófico tumoral (TNF-α).

O resumo da ópera? Você pode SIM suplementar com creatina para diminuir as lesões musculares e melhorar a recuperação entre os treinos. Mas todo mundo precisa suplementar? Isso já depende! Quem poderá te ajudar? Um profissional da nutrição qualificado. Quer resultados? Procure um nutricionista e pronto!

NÃO ESQUEÇAM: Deixem seus comentários com os feedbacks para nós, isso é muito importante!

Referências:
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/15306159

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *