A importância da persistência

Atualmente vemos que existem muitas pessoas querendo resultados imediatos, presencio isto rotineiramente em meu consultório. Porém também percebo que poucas pessoas estão dispostas a negociar um fator: a persistência.

Logo, quando negligenciamos a persistência, temos que procurar métodos mirabolantes ou alimentos “super milagrosos” para que o tempo de resultados diminua, consequentemente a pessoa não precisa persistir tanto. Mas não basta ser muito sábio para perceber que nosso corpo tem uma capacidade de adaptação impressionante, e que os resultados que a pessoa quer, nem sempre serão fornecidos pelo seu organismo.

Com isso você passa anos e anos atrás de alimentos milagrosos, atrás de dietas com nomes mirabolantes, atrás de desafios de 5, 10, 20 ou 30 dias e no final? NADA DE RESULTADOS DEFINITIVOS! Passa um tempo e seu corpo voltou a estaca zero, todo suor foi jogado fora e de nada valeu seu estresse.

Mas, e se você tiver persistência, será que vale a pena? Os estudos sugerem que sim! Um grupo de pesquisadores norte americanos elaborou um estudo com 4 MESES de intervenção. O que os voluntários fizeram? Persistiram em seguir os treinos, em seguir a alimentação.

A força dos voluntários aumentou tanto na parte superior (supino) quanto inferior (Leg press), além disso, a quantidade de abdominais e flexões também melhoraram, ou seja, o CONDICIONAMENTO FÍSICO melhorou! Quer mais? Já imaginou você perder 4kg de GORDURA em 4 meses? Pois estes foram os achados do estudo.

O segredo? Te resumo em uma palavra: PERSISTÊNCIA!

Referências bibliográficas:

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27187451

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *