Jejum intermitente: a melhor estratégia para perda de peso?

Quando falamos em perda de peso, devemos sempre nos atentar que o objetivo na maioria das vezes é a redução de gordura corporal, e não somente a diminuição do peso, uma vez que a redução do peso não reflete redução de gordura corporal necessariamente.

Assim, algumas estratégias são pregadas para que os indivíduos alcancem uma redução de gordura corporal e gerem melhores resultados tanto em saúde quanto estéticos.

Uma das estratégias é o jejum intermitente, onde a pessoa escolhe ir para o jejum sem a mínima orientação, e acaba falhando. Desenvolve compulsões alimentares, acaba ganhando mais peso e gerando frustrações.

SAIBA MAIS:
SUPLEMENTAÇÃO IDEAL PARA JEJUM INTERMITENTE
AEJ vs HIIT | QUAL O MELHOR TIPO DE CARDIO?

Estudos vêm mostrando que o jejum não é a melhor opção de dieta, pois pode gerar a longo prazo maior sensação de fome e, consequentemente, menor adesão ao planejamento. Neste estudo os autores aplicaram dois tipos de dietas nos indivíduos (Jejum intermitente ou dieta contínua, que seria o comer as refeições com intervalos menores), e ao longo de um ano foram acompanhando os dados antropométricos e aplicando questionários relacionados à adesão e bem-estar com a dieta.

Ao final os autores encontraram que as duas dietas geraram os mesmos resultados em perda de peso, diminuição de circunferência abdominal e circunferência da cintura, porém notaram que em relação aos questionários, os indivíduos do grupo jejum intermitente responderam que encontraram maior dificuldade em aderir à dieta, o que pode gerar um prejuízo em relação a continuidade da dieta. (Sundfor et al., 2018).

CONHEÇA O CYCLE-6: SUA OPÇÃO PARA LONGOS PERÍODOS SEM REFEIÇÃO

Você pode optar pelo jejum? Sim. Se você se enquadra bem com os protocolos de jejum intermitente, ótimo. Mas o jejum não é a única alternativa de dieta.

Você não precisa ir para o jejum intermitente para ter resultados, você só precisa de um bom profissional da nutrição para organizar sua alimentação de acordo com sua rotina e preferências alimentares.

Lembre-se, independente da dieta, a melhor estratégia será aquela que você consegue manter por muito tempo.

Referências Bibliográfica:
SUNDFOR, T. M.; SVENDSEN, M.; TONSTAD, S. Effect of intermittent versus continuous energy restriction on weight loss, maintenance and cardiometabolic risk: A randomized 1-year trial. Nutr Metab Cardiovasc Dis, v. 28, n. 7, p. 698-706, Jul 2018. ISSN 0939-4753.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *