Conhecimento técnico e científico do universo fitness e bodybuilding.

Não existem divisões específicas na suplementação em relação ao sexo, porém, em certos aspectos o sexo feminino necessita de elementos a mais.

As mulheres apresentam um aspecto particular: o ciclo menstrual, neste, os níveis hormonais, de ansiedade e de fluídos corporais oscilam e uma suplementação bem direcionada pode oferecer um grande benefício ao bem-estar e a saúde da mulher.

A retenção hídrica é um sintoma clássico na mulher, geralmente acontece no período ovulatório (14 a 15 dias após o primeiro dia de menstruação), a elevação de alguns hormônios aumenta cerca de 20 a 30% o volume dos líquidos corporais. O uso de suplementos que possuam em sua composição substâncias com atividade diurética e que melhoram a circulação, como por exemplo: matchá, carqueja, hibiscos, cavalinha e etc. trazem inúmeros benefícios, reduzindo o edema e inchaço. Estes poderão estar isolados ou associados, sendo que na segunda opção o efeito é bem mais expressivo. As doses deverão ser respeitadas de acordo com as orientações nutricionais ou por indicação de um profissional médico ou nutricionista.

No quesito ansiedade e vontade de comer doce, a dica é optar por suplementos que melhoram a secreção de um neurotransmissor chamado serotonina que está relacionado ao bem-estar.

A suplementação do precursor de serotonina, no caso o 5htp na dose de 50mg a 100mg/dia também é uma excelente opção para controle de ansiedade assim como o picolinato de cromo (100 a 300mcg/dia) que apresenta excelente efeito na redução da vontade de ingestão de doces.

Suplementos ricos em gorduras monos ou poli-insaturadas e fitosterois, como por exemplo, a pasta de amendoim são sempre uma boa opção, porções de 40 a 60 gramas dia podem trazer um grande benefício neste sintoma além de prolongar a saciedade.

Uma fase bem crítica na vida da mulher é a pré-menstrual, onde uma grande parte desenvolve a famosa TPM (tensão pré-menstrual), cólicas, cefaleia, irritabilidade e dor mamaria são sintomas frequentes.

Suplementos ricos em óleo de prímula mostraram grandes benefícios no controle destes sintomas; este é rico em ácidos essenciais do tipo ômega 6 (ácido gama-linolênico e ácido linoleico), as doses variam de 500 a 1000 mg/dia.

Uma grande queixa do sexo feminino é a função intestinal, a maioria cita dificuldades nesta função. Suplementos com função probiótica oferecem grande conforto e melhoria no trânsito intestinal e evacuação.

Probióticos são produtos alimentares que contém micro-organismos vivos que, quando administrados em quantidades adequadas, conferem benefício à saúde do hospedeiro como equilíbrio da flora intestinal, controle de constipação e desarranjos intestinais, melhoria na capacidade do organismo em absorver nutrientes dos alimentos.

No aspecto beleza, os grandes aliados são suplementos que melhoram o “turnover” de pele, unhas e cabelos. Existem uma gama deles e o melhor, todos com comprovação científica. Nesta lista destaco: biotina, queratina, ácido pantotênico, vitamina A, ácido fólico, cálcio, ferro, magnésio, zinco, silício orgânico e etc. As doses deverão ser obedecidas de acordo com a sugestão do suplemento ou por indicação de um profissional médico ou nutricionista.

Lembre-se que suplementos são preparações destinadas a complementar a dieta fornecendo vitaminas, sais minerais, fibras, ácidos graxos e aminoácidos, que podem estar em déficit na dieta de um ser humano, são ótimos coadjuvantes, porém não substituem tratamentos clássicos para determinadas enfermidades.